sábado, 29 de outubro de 2011

Síntese do Filme "Narradores de Javé"


         
         Narradores de Javé, um filme que conta a história de um pequeno povoado fictício conhecido como Javé, localizado no interior da Bahia, que foi condenado ao desaparecimento pela construção de uma hidrelétrica. A diretora do filme lançado em 2003, proporcionou ao público não apenas o prazer por um bom filme de comédia, mas, também uma reflexão sobre aspectos culturais e sociais que fazem parte da história das “pessoas” daquela comunidade fictícia, para utilização do mesmo, como recurso didático, pois, estimula o debate em sala de aula, assim como também possibilita o debate historiográfico a medida que estimula o espectador às muitas interpretações. Narradores de Javé expõe também as memórias dos moradores do lugar. Na tentativa de salvar a cidade da destruição, os moradores decidem preservar sua história, com recurso à memória oral, registrando em documentos, escritos que comprovem a importância histórica da cidade para que a mesma seja tombada e assim livrando-se da possiblidade de ser extinta.
          O mesmo fato histórico tem abordagens diferenciadas de acordo ao historiador (pesquisador) Irá abordar o mesmo tema de maneira diversa. Segundo (ANKERSMIT, 1988) a História Científica, em todos seus campos de especialização, opera de fato com formas, mediante as quais os historiadores tentam dar sentido ao passando criando uma sensação de realidade e de completude. E nesse universo de histórias, os moradores tentam dar sentido a suas histórias imaginárias idealizando e acreditando em suas próprias histórias. No texto Uma Morfologia da História: As Formas da História Antiga (GUARINELLO) relata a importância das fontes históricas, a exemplo do arquivo Hiperônimo, coleção de papiros escritos, cartas estas que serviram para uma maior compreensão de como e quais maneiras eram estruturadas a sociedade da época, seja ela( administrativa e economicamente) neste caso o Egito.  Ao contrário dos grandes heróis localizados em um tempo distante, Daniel, um jovem morador, relata da vida e o seu sentimento de pertencimento ao lugar, colocando a figura do seu pai Isaias (Falecido), no centro da história de Javé.
          Narra, portanto, não um passado heroico, mas um presente de dificuldades, com a ausência constante da mãe, a sobrevivência na pobreza, a morte do pai. Embora falando de hábitos, costumes, valores, essas memórias (também importantes) não se constituem, para alguns dos moradores, em patrimônio cultural capaz de salvar a cidade da inundação. (Cardoso, 2008)



Para Alessandro Portelli

       O contar uma história preserva o narrador do esquecimento; a estória constrói a identidade do narrador e o legado que ela ou ele deixa para o futuro. Enquanto os historiadores estão interessados em reconstruir o passado, os narradores estão interessados em projetar uma imagem. Portanto, enquanto os historiadores muitas vezes se esforçam por ter uma sequência linear, cronológica, os narradores podem estar mais interessados em buscar e reunir conjuntos de sentidos, de relacionamentos e de temas, no transcorrer de sua vida.
          O que “a história de Javé” nos mostra é um campo de disputas, de tensões vividas, não apenas pela construção da hidrelétrica, mas pela permanência e perpetuação de memórias, entre as muitas histórias que dão sentido ao lugar... A história de um povo.




Referências:


CARDOSO, Heloisa Helena Pacheco. Narradores De Javé: Histórias, Imagens, Percepções. Revista de História e Estudos Culturais.2008, Vol. 5 , N 2.
GUARINELLO, Norberto L. "Uma Morfologia da História: as  formas da História Antiga". Politeia: História e Sociedade, v .3, n. 1, p. 41-62.


Trailer "Narradores de Javé": http://www.youtube.com/watch?v=GlaFRraqeOg


video
 

sexta-feira, 28 de outubro de 2011

O historiador?

          É o profissional responsável por reunir documentos e dados, situa os fatos em seu contexto, reconstroem, interpretam e analisam o passado de indivíduos, grupos e movimentos sociais, instituições, regiões, cultura, arte, ideias e costumes para a melhor compreensão dos acontecimentos atuais (...)